O Papel da Arte

Bonomi, Maria

Maria Bonomi, artista contemporânea xilogravadora


Maria Anna Olga Luiza Bonomi chegou ao Brasil em 1946, fixou-se em São Paulo. Estuda pintura e desenho com Yolanda Mohalyi (1909-1978), em 1951, e com Karl Plattner (1919-1989), em 1953. No ano seguinte, inicia-se em gravura com Lívio Abramo (1903-1992). Realiza a sua primeira individual em São Paulo, em 1956. Nesse ano, recebe bolsa de estudos da Ingram-Merrill Foundation e estuda no Pratt Institute Graphics Center, em Nova York, com o pintor Seong Moy (1921). Em paralelo, cursa gravura com Hans Müller e teoria da arte com Meyer Schapiro (1904-1996), na Columbia University, também em Nova York. De volta ao Brasil, freqüenta a Oficina de Gravura em Metal com Johnny Friedlaender (1912-1992), no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro – MAM/RJ, em 1959. No ano seguinte, em São Paulo, funda o Estúdio Gravura, com Lívio Abramo, de quem é assistente até 1964. A partir dos anos 1970, passa a dedicar-se também à escultura. Produz painéis de grandes proporções para espaços públicos. Em 1999, defende a tese de doutorado intitulada Arte Pública. Sistema Expressivo/Anterioridade, na Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo – ECA/USP. Continua atuando e produzindo em seu ateliê em São Paulo.

Obras à venda:

MARIA BONOMI: “Silêncios vegetais”, litografia de 1978.

Silêncios vegetais“, 1978.
Litografia colorida.
Dimensão total: 80cm x 60cm
R$ 1.800,00

O MERCADO DE FALSIFICAÇÃO DE OBRAS DE ARTE

Infelizmente em nosso País, sobretudo os grandes mercados de arte do Rio de Janeiro e de São Paulo, continuam a comercializar centenas de obras de arte em papel ou óleo, que são falsificações de grandes artistas brasileiros, causando um prejuízo financeiro a ... leia mais

© Copyright 2010 - Todos os direitos reservados - Made with WordPress