O Papel da Arte

Egidio Sadeler (1570-1629) e o Renascimento Dürer

“Cabeça de anjo olhando para o alto”, buril, 1598. Egídio Sadeler.

 

A gravura a buril acima, “Cabeça de Anjo olhando para o alto” foi executada por Egídio Sadeler (1570-1629) baseado em um desenho de Albrecht Dürer, agora na coleção do Graphische Sammlung Albertina, em Viena. Trata-se de uma das três gravuras de cabeças feitas por Sadeler inspirada nos desenhos de Dürer, quando a fama do artista chegou ao conhecimento da corte do Sacro Imperador Rodolfo II em Praga, onde Sadeler era o gravador da corte. 

Essa obra marca um importante período conhecido como o Renascimento Dürer, ocorrido no século XVII, quando houve uma redescoberta e interesse por sua obra, recebendo a mesma várias releituras feitas por grandes artistas gravadores e pintores holandeses. Em algumas das releituras, até mesmo as inscrições e monogramas do artista era colocadas em placas imitando as próprias impressões de Dürer. Não existia uma intensão de falsificação da obra pois as mesmas era assinadas pelo próprio gravador que não só informava o nome de Dürer como autor original como também reproduzia seu famoso monograma. Nessa gravura podemos observar na parte inferior que se encontram duas inscrições onde são informados a data da obra original e da reprodução: 

  

 

“ALBERTO DÜRER FEZ NO ANO DE 1506.

EGIDIO SADELER FEZ NO ANO DE 1598.”

 

Egidio Sadeler foi um membro da família Sadeler extremamente talentoso, e, junto com seus tios Jan (1550-1600) e Rafael (1560-1632) foi um artista cujo papel na escola maneirista holandesa do final do séc. XVI e início do séc. XVII é visto hoje como fundamental para o florescimento da gravura holandesa do período. Foi nomeado Gravador Oficial por três sucessivos imperadores Habsburgo em Praga e Viena, ajudou a difundir a arte na corte dos Habsburgo e, especialmente, os artistas de Rodolfo II, particularmente Hans van Aachen e Batholomeus Spranger, em toda a Europa. Joachim von Sandrart, escreveu no séc. XVII, 40 anos após a morte de Egídio, que chamava-o de “um Phoenix entre os gravadores”, e estudos recentes de críticos do período tendem a concordar.

Egidio Sadeler foi aprendiz de seu tio Jan, um artista importante da Escola de Antuérpia (que incluía também Cornelis Cort, Philips e Theodore Galle, Jan e Adrien Collaert, e Jerônimo, Jan, e Anthonie Wierix), que produziu muitas gravuras após os desenhos de Marten de Vos e outros para o editor Christopher Plantin antes de se tornar um editor (junto com seu irmão Raphael) de sua própria obra. No final de 1580, a família deixou a Antuérpia e foi para a Alemanha onde Jan se tornou mestre impressor do duque Wilhelm V da Baviera, trabalhando em sua própria corte em Munique. Após a visita de Hendrik Goltzius, Egídio parece ter feito uma viagem para a Itália entre 1591 e 1593, onde, segundo Limouze, ele ficou em Veneza, Verona, Roma e Florença, talvez. Em Roma, trabalhou com Joseph Heintz, também um dos pintores imperiais de Rudolf II, que pode ter sugerido a própria nomeação de Egídio para a corte de Rodolfo II em 1597.

 

Bibliografia:

K. G. Boon, ed. Hollstein’s Dutch and Flemish Etchings, Engravings, and Woodcuts ca. 1450-1700: Volumes 21-22 Aegidius Sadeler to Raphael Sadeler II (Amsterdam: Van Gendt & Co., 1980); Dorothy Anne Limouze, Aegidius Sadeler (C. 1570-1629): Drawings, Prints, and Art Theory (Princeton, 1990); Dorothy Anne Limouze, Aegidius Sadeler, Imperial Printmaker (Philadelphia Museum of Art, 1989); Isabelle de Ramaix, The illustrated Bartsch 72: Aegidius Sadeler II (NY: Abaris, 1998); Isabelle de Raimaix, Les Sadeler: Graveurs et éditeurs (Bruxelles: Bibliothèque royale Albert I, 1992). Hirakawa, Kayo. “The Pictorialization of Dürer’s Drawings in Northern Europe in the Sixteenth”. Peter Lang Editora, 2009.

OFICINA DE GRAVURA CARLOS OSWALD

  O Papel da Arte foi conhecer a Oficina de Gravura Carlos Oswald, o primeiro núcleo de ensino didático de gravura em metal do país, fundada pelo Mestre que lhe dá o nome e até hoje em atividade no Liceu de Artes e ... leia mais

© Copyright 2010 - Todos os direitos reservados - Made with WordPress