O Papel da Arte

LINÓLEO

"Galo", linóleo, 1942. Lívio Abramo.

O pedaço de linóleo recebe o cavamento como na xilo, por goiva ou canivetes. Poder ser ferramentas mais frágeis do que as usadas para a madeira. Não há possibilidade de realizar traços finos e a impressão é idêntica a da xilogravura. Como características principais, as chapadas de preto compacto, sem o vestígio da fibra, que se nota na gravura em madeira. Ausência de traços finos e de cinzas.

Fonte:

DASILVA, Orlando. A Arte maior da Gravura: participação gráfica de Marcello Grassmann. São Paulo, ESPADE, 1976.

CARLOS OSWALD, MESTRE DA GRAVURA BRASILEIRA

Na atualidade, o Brasil se encontra muito bem representado por artistas gravadores. Com a vinda da família real portuguesa ao Rio de Janeiro, em 1808, gerou grandes benefícios a, então, incipiente colônia do Brasil. Os milhares de objetos que chegaram ao País, ... leia mais

© Copyright 2010 - Todos os direitos reservados - Made with WordPress