O Papel da Arte

PROCESSO DO ENXOFRE

"Retrato", Processo do Enxofre, 1953. Iberê Camargo.

“Consiste em passar sobre a superfície do cobre, previamente desengraxado uma mistura de óleo de oliva e enxofre. Esta mistura ataca o cobre, dando um finíssimo granulado. O valor da mersura dependo do tempo que a mistura permanece sobre o metal. Também pode-se aplicar o óleo de oliva a pincel, e, em seguida, pulverizar flor de enxofre, usando um saquinho de pano com trama fina. Em poucos minutos, o cobre enegrece sob a ação dessa mistura que age como mordente. Terminada a mersura, lava-se perfeitamente a placa com essência. Repete-se o ataque sempre que se deseja escurecer o valor.  Este processo não pode ser usado sobre o zinco, que não é atacado pela mistura de óleo de oliva e enxofre.”

Fontes:

CAMARGO, Iberê. A Gravura.  Topal, São Paulo, 1975.
CAMARGO, Iberê. A Gravura.  Porto Alegre, Sagra: DC Luzzatto, 1992.

ENTREVISTA COM MONICA BARKI

  Monica Barki, uma das mais completas artistas brasileiras que surgiram nos anos 80 está com uma nova exposição que comecará no dia 09 de setembro na Galeria Acervo da Casa de Cultura da América Latina em Brasília. Sua nova série de desenhos ... leia mais

© Copyright 2010 - Todos os direitos reservados - Made with WordPress