O Papel da Arte

Souza, Jose Assumpção

José Assunção de Souza (1924: Recife, PE – 1994: Rio de Janeiro,RJ).

“Um artista como José Assunção Sousa possui o amor ao trabalho e a inteligência do ofício que explicam o seu domínio da criação profunda e emotiva que é o da gravura em metal. Seu amadurecimento o mergulhou em estruturas mais largas até chegar as mais recentes pesquisas, abertas e flexíveis, que não desmerecem a voluptuosidade visual e quase táctil, aveludada dos ocres austeros e negros brilhantes das estampas de 1964 e 1965.” (Mário Barata apud AYALA, Walmir (Org.) Dicionário brasileiro de artistas plásticos. Brasília: INL/MEC, 1980, p.315).

1959- Estudou gravura com Edith Behring e Johnny Friedlaender no ateliê livre de gravura do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro.
1961 – Começou a lecionar gravura no MAM-RJ.
1964-71 – Atuou como professor assistente de Edith Behring no MAM-RJ.
1965 – Ministrou curso de gravura no Centro Cultural Bolívia-Brasil, em La Paz, a convite do Ministério das Relações Exteriores.
ca. 1968 – Dirigiu curso de gravura em metal no Ateliê Poty Lazzarotto, em Curitiba.
ca. 1970 – Lecionou no Centro de Pesquisa de Arte do Rio de Janeiro, a convite de Ivan Serpa e Bruno Tausz.
1977 – Tornou-se professor da oficina de gravura do Museu do Ingá, implantada por Anna Letycia em Niterói, RJ.

Realizou em 1962 uma exposição individual na Piccola Galeria no Rio de Janeiro. Participou de várias coletivas entre elas o Salão de Arte Moderna no Rio de Janeiro entre 1959 a 1968; Salão Municipal de Belo Horizonte, entre 1960 e 1967; Salão Paraense de Belas Artes, entre 1961 e 1967 e do I e I Concurso Latino-Americano de Grabado, Havana,Cuba em 1962 e 1963.

Fontes
ANDRADE, Vania Maria da Silva. O ensino da gravura de arte no Paraná. Disponível em:
< http://www.pucpr.br/eventos/educere/educere2008/anais/pdf/624_821.pdf>
< http://www.itaucultural.org.br/aplicExternas/enciclopedia_IC/
index.cfm?fuseaction=artistas_biografia&cd_
verbete=1577&cd_idioma=28555>
CAVALCANTI, Carlos; AYALA, Walmir. Dicionário brasileiro de artistas plásticos. Brasília: INL/MEC, 1980, v.4, p.315.
CONGRESS FOR CULTURAL FREEDOM. Cadernos Brasileiros. 1968, n.45-47, p.106.
GRAVURA Moderna Brasileira. Acervo Museu Nacional de Belas Artes. Mostra Rio Gravura. Rio de Janeiro: Prefeitura do Rio, 1999.
LUZ, Ângela Âncora da. Anna Letycia. Coleção Artistas Brasileiros, 12. São Paulo: Edusp, 1998, p.115.
TAVORA, Maria Luisa Luz. O ateliê livre de gravura do MAM-Rio, 1959/1969: projeto pedagógico de atualização da linguagem. Disponível em: < http://www.baiadeguanabara.com.br/arte_ensaios_web/a_e_15/pdf/MariaLuisaTavora.pdf>

 

Obras à venda:

"Veleiro", gravura em metal, 1965 de José Assumpção Souza.

“Veleiro”, gravura em metal, 1965 de José Assumpção Souza.

Sem título“, 1965.
Gravura em metal colorida.
Tiragem: 62/110
Dimensão imagem: 20cm x 29cm
Dimensão folha: 31cm x 45,5cm
R$ 800,00

 

"Sem título", gravura em metal, 1965. de José Assumpção Souza.

“Sem título”, gravura em metal, 1965. de José Assumpção Souza.

Sem título“, 1965.
Gravura em metal colorida.
Tiragem: P.A.
Dimensão imagem: 39cm x 25,4cm
Dimensão da folha: 43cm x 53,3cm
R$ 1.100,00

 

JOSÉ ASSUMPÇÃO SOUZA: "Sem título", gravura em metal, água-tinta e água-forte, 1975.

JOSÉ ASSUMPÇÃO SOUZA: “Sem título”, gravura em metal, água-tinta e água-forte, 1975.

Sem título“, 1975.
Gravura em metal colorida, água-tinta, água-forte.
Tiragem: 03/25.
Dimensão imagem: 17,5cm x 34,6cm
Dimensão da folha: 38cm x 55cm
R$ 900,00

 

 

 

GOELDI: REIMPRESSÃO DE GRAVURA PARA “EDIÇÃO COMEMORATIVA”

Para registrar a passagem do 55º ano de falecimento de Oswaldo Goeldi, um dos mais importantes artistas brasileiros durante o século passado, a Associação Cultural Oswaldo Goeldi e o Projeto Goeldi, através de sua curadora Lani Goeldi, promoveu a reimpressão de uma ... leia mais

© Copyright 2010 - Todos os direitos reservados - Made with WordPress