O Papel da Arte

Sued, Eduardo

Eduardo Sued em seu ateliê.

 

Eduardo Sued (Rio de Janeiro RJ 1925). Pintor, gravador, ilustrador, desenhista, vitralista e professor. Gradua-se na Escola Nacional de Engenharia do Rio de Janeiro, em 1948. No ano seguinte estuda desenho e pintura com Henrique Boese (1897-1982). Entre 1950 e 1951, trabalha como desenhista no escritório do arquiteto Oscar Niemeyer (1907-2012). Em 1951, viaja para Paris, onde freqüenta as academias La Grande Chaumière e Julian. Em sua estada na capital francesa entra em contato com as obras de Pablo Picasso (1881-1973), Joán Miró (1893-1980), Henri Matisse (1869-1954) e Georges Braque (1882-1963). Retorna ao Rio de Janeiro em 1953 e freqüenta o ateliê de Iberê Camargo (1914-1994) para estudar gravura em metal tornando-se mais tarde, seu assistente. Leciona desenho e pintura na Escolinha de Arte do Brasil, em 1956 e, no ano seguinte, transfere-se para São Paulo, onde ministra aulas de desenho, pintura e gravura, na Fundação Armando Álvares Penteado (Faap), de 1958 a 1963. Em 1964, volta a morar no Rio de Janeiro e publica o álbum de águas-fortes 25 Gravuras. O artista não se vincula a nenhum movimento mantendo-se alheio aos debates da época. Sua carreira teve uma breve etapa pautada no figurativismo, mas logo se encaminha para abstração geométrica. Nos anos de 1970, aproxima-se das vertentes construtivas, desenvolvendo sua obra a partir da reflexão acerca de Piet Mondrian (1872-1944) e da Bauhaus. Entre 1974 e 1980, ministra aulas de gravura em metal no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM/RJ).

Fonte: http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa8960/eduardo-sued

Obras à venda:

EDUARDO SUED: "Sem título" (Arlequins), 1962. Gravura em metal, ponta-seca.
EDUARDO SUED: “Sem título” (Arlequins), 1962. Gravura em metal, ponta-seca.

Sem título” (Arlequins), 1962.
Gravura em metal, ponta-seca.
Prova de estado
Dimensão imagem: 32,5cm x 24,4cm
Dimensão da folha: 41.5cm x 32cm
R$ 1.000,00

EDUARDO SUED: "Sem título", 1961.   Gravura em metal, água-forte, ponta-seca.
EDUARDO SUED: “Sem título”, 1961. Gravura em metal, água-forte, ponta-seca.

Sem título“, 1961.
Com dedicatória para Chico Stockinger.
Gravura em metal, água-forte, ponta-seca.
Prova do artista.
Dimensão imagem: 49,6cm x 34cm
Dimensão da folha: 58,5cm x 41,9cm
R$ 2.000,00


EDUARDO SUED: “Sem título”, 1965. Fase Picassiana do artista.

Sem título“, 1965.
Gravura em metal, ponta-seca.
Tiragem: Prova de estado – 1º Estado
Dimensão imagem: 29,6cm x 23,4cm
Dimensão da folha: 41.5cm x 32,5cm
R$ 1.000,00

ENTREVISTA COM ANTONIO GROSSO

O papel é um organismo vivo e, portanto, biodegradável. Sofre como nós a ação do tempo, exposto não só ao prazer estético mas também às condições climáticas. Por ser orgânico, necessita respirar e na medida do possível, estar num ambiente com temperatura ... leia mais

© Copyright 2010 - Todos os direitos reservados - Made with WordPress